Executivos deixam empresa mas não param de trabalhar

Folha de São Paulo

3 de abril de 2011 – Por mais que a idade possa parecer um empecilho para ingresso no mercado de trabalho, cabelos brancos são quase essenciais para campos de atuação como conselhos de adminstração.

“Após o choque de deixar a companhia em que passou boa parte da vida professional, o executivo com mais de 60 anos dificilmente vai querer ou conseguir voltar à rotina empresarial. O dia a dia nos conselhos é mais calmo”, afirma Jeffrey Abrahams, da Abrahams Executive Search.

Agostinho Dalla Valle, 58, atua como conselheiro em cinco empresas nos setores de alimentos, metalurgia, têxtil e planos de saúde. “{Chegar ao conselho de várias empresas} é o coroamento da carreira de quem passou por todos os degraus de uma hierarquia”, opina ele.

Ele diz ter planejado a própria sucessão na empresa na qual aposentou-se como presidente há três anos.