Confidencialidade é sagrada!

A “boca mole” poderá destruir uma ótima busca em andamento e transformá-la num fiasco. Portanto, todo processo de recrutamento deverá estar confinado apenas àqueles envolvidos. Acreditem, não existe nada mais fulminante para matar um bom recrutamento do que se escorregar na confidencialidade. Tem que guardar segredo! Os candidatos esperam que isso seja algo impregnado na organização contratante. E merecem, definitivamente, nada menos que isso.

O que funciona em ambas as direções. Para a empresa, quanto menos pessoas souberem, melhor para a qualidade da busca. Durante o processo, a relação com um bom consultor desenvolve-se numa base de cumplicidade e confiança. Recomendamos que o executivo nunca quebre essa relação, pois isso se voltará contra ele mesmo no futuro.

Em geral, muitos executivos de sucesso não estão buscando novas oportunidades: somos nós que vamos buscá-los. Acontece que muitas vezes a empresa contratante acha que o candidato está buscando um novo trabalho. Já vivi casos em que chegaram a perguntar ao convidado o motivo de ele estar se oferecendo, quando, na verdade, foi o headhunter que o convenceu a ir à entrevista.

Já ocorreram casos em que o cliente, por camaradagem a um colega, passou relatório para outra empresa. Isso pode causar um estrago definitivo para o executivo que foi entrevistado confidencialmente. Portanto, a área de recursos humanos deverá tomar este cuidado adicional. Todos nós sabemos que o mundo é plano. Todo mundo é filho de Adão e Eva, ou seja, o mercado se conhece. Qualquer movimento em falso, todos saberão na velocidade virtual da Internet.

Cuidado também no referenciamento antes do tempo, pois sempre uma informação poderá cair na rede de informações. O mundo é um ovo. Um passo em falso e uma informação vazada poderão destruir uma carreira executiva. Todo cuidado é pouco. Mesmo antes das entrevistas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>